Empresas do Grupo RBS divulgam balanços | Grupo RBS
Banner Interno

Relações com Imprensa

Empresas do Grupo RBS divulgam balanços

Expectativa para 2021 é de crescimento, após ciclo impactado pela pandemia da Covid-19

As empresas do Grupo RBS divulgaram, nos meses de março e abril, seus resultados do último ano. A receita líquida consolidada somou R$ 471 milhões. A redução de 20% em relação a 2019 deve-se principalmente à crise econômica gerada pela pandemia do coronavírus, que impactou os negócios no mundo inteiro.
O EBITDA ajustado de 2020 foi de R$ 56 milhões. Apesar dos desafios no período mais crítico da pandemia, a RBS apresentou recuperação no segundo semestre do ano, a partir de planos consistentes e da estratégia executada pela área de Mercado. Com isso, as empresas do grupo geraram um lucro líquido ajustado* positivo de R$ 45 milhões.
Devido ao processo de gestão adotado, a RBS fechou 2020 com uma situação financeira saudável. O saldo em caixa foi de R$ 242 milhões, superando o saldo da dívida em R$ 53 milhões. Para 2021, a empresa espera crescimento em relação à 2020 com a retomada da economia. Está nos planos de investimento da companhia um valor de R$ 65 milhões para os próximos quatro anos, que serão empregados na modernização dos parques tecnológicas de televisão e rádios, além de investimento no digital, negócio que vem crescendo exponencialmente. GZH, marca de jornalismo digital do grupo, já conta com uma carteira de 96 mil assinantes, apresentando crescimento de 16% em assinaturas orgânicas em relação a março de 2020. Ainda no ano anterior, a receita digital cresceu 24%, contribuindo de forma efetiva para os resultados da RBS no período.

*desconsidera eventos não-recorrentes que não afetam caixa.