Marta Gleich leva projeto Fluência em Notícias, do Grupo RBS, ao 16º Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo | Grupo RBS
Banner Interno

Relações com Imprensa

Marta Gleich leva projeto Fluência em Notícias, do Grupo RBS, ao 16º Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo

Diretora-executiva de Jornalismo e Esporte da RBS falará sobre educação midiática, ao lado de Alexandre Sayad, Carlos Lima e Patricia Blanco

Marta Gleich
Desenvolvido há mais de um ano, o projeto Fluência em Notícias, de GZH e Zero Hora, será apresentado na próxima quinta-feira (26), no 16º Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo, promovido pela Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), no painel “Educação midiática: como formar (e informar) uma audiência crítica”. O debate será transmitido de forma virtual e contará com a participação da diretora de Jornalismo da RBS, Marta Gleich, do co-chairman internacional da Unesco Mil Alliance em educação midiática, Alexandre Sayad, e do especialista em Educomunicação da Prefeitura de São Paulo, Carlos Lima. A conversa será mediada por Patricia Blanco, presidente-executiva do Instituto Palavra Aberta.
– É responsabilidade dos meios de comunicação informar e formar o público sobre o funcionamento da atividade jornalística profissional e seu papel da sociedade. O cidadão não tem obrigação de saber a diferença entre um conteúdo informativo ou de opinião, ou como diferenciar uma notícia falsa de uma verdadeira, entre muitas outras questões. Nós podemos e devemos ajudar nisso – diz Marta.
Lançado em outubro de 2020, o Fluência em Notícias tem como foco a educação em notícias e aborda alguns dos principais tópicos que envolvem a produção e o consumo de jornalismo, tirando dúvidas sobre os bastidores da atuação jornalística. A iniciativa já está em sua terceira temporada e conta com 12 episódios, que podem ser conferidos aqui. Diferença entre opinião e notícia, fluxo de produção e construção de notícias, jornalismo de engajamento e linha editorial foram alguns dos temas já tratados pelo projeto na primeira e na segunda temporadas.
Na terceira edição, a iniciativa mostra quem são os profissionais que estão por trás do veículo e bastidores da operação. No primeiro episódio, a colunista Rosane de Oliveira e o repórter Gabriel Jacobsen ajudam o leitor a identificar as diferenças entre opinião e notícia, explicando como é feito e o que compõe cada tipo de conteúdo. Os episódios serão publicados uma vez por mês.
O painel será transmitido a partir das 17h45 e é aberto ao público. Para participar, basta se inscrever no site do congresso. Pelo segundo ano consecutivo, as inscrições serão gratuitas, mas os participantes são convidados a doar qualquer valor.
Sobre o 16º Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo – Promovido pela Abraji, o evento será realizado virtualmente, de 23 a 27 de agosto. Considerado o maior encontro de jornalismo da América Latina, este ano o congresso tem como temas centrais ataques à imprensa, modelos de negócios e sustentabilidade, assédio judicial, segurança digital, meio ambiente, riscos à democracia, racismo, pandemia e desinformação.