Grupo RBS mobiliza mais de 500 profissionais para a cobertura das eleições municipais | Grupo RBS
Banner Interno

Relações com Imprensa

Grupo RBS mobiliza mais de 500 profissionais para a cobertura das eleições municipais

Conteúdos foram pensados a partir de pesquisas realizadas com eleitores do Rio Grande do Sul

Selo Eleições 2020. Crédito: Divulgação.

Selo Eleições 2020. Crédito: Divulgação.

Neste domingo (27), começa mais uma corrida eleitoral e, com ela, a cobertura do Grupo RBS, com informações que colaborem para uma escolha consciente no momento do voto. Este ano, além das adaptações necessárias em razão da pandemia, os conteúdos jornalísticos com foco nas eleições são acompanhados de uma série de novidades, pensadas a partir de pesquisas realizadas junto a eleitores gaúchos.
Para dar início à cobertura, na segunda-feira (28), às 8h10, a Rádio Gaúcha fará um debate entre os 13 candidatos à prefeitura de Porto Alegre. Em razão da pandemia, o encontro será realizado em formato drive-in, inédito no país. Para garantir a segurança de todos, cada concorrente debaterá de dentro do seu carro, no estacionamento do Grupo RBS. A ação terá mediação do jornalista Daniel Scola e contará com ampla cobertura antes, durante e depois na Rádio Gaúcha, em GZH, Zero Hora e no Diário Gaúcho. GZH transmitirá ao vivo, em vídeo.
Um grupo de trabalho multidisciplinar da empresa vem pensando nas Eleições 2020 desde o ano passado. Os conteúdos planejados foram elaborados a partir de pesquisas aplicadas antes e depois da chegada da covid-19, para calibrar o foco do time de comunicadores e jornalistas da RBS. A primeira sondagem, realizada em fevereiro deste ano, envolveu 1.486 pessoas e a segunda, em julho, 2.060. Nas duas ocasiões, segundo a analista Gabriela Schmidt, da área de Inteligência de Mercado da RBS, os entrevistados apontaram as propostas dos candidatos, os problemas da cidade ou do bairro e a investigação de suspeitas de corrupção como os conteúdos mais importantes.
– Preparamos toda a nossa cobertura com base nessas pesquisas, porque entendemos que os eleitores são os protagonistas. Os resultados nos mostraram o que realmente é importante para o nosso público, não só em temas, mas também em formatos, e é nisso que apostamos – destaca a diretora de Jornalismo de Jornais e Rádio do Grupo RBS, Marta Gleich.
Envolvendo mais de 500 profissionais, GZH, Zero Hora, Diário Gaúcho, Pioneiro, Gaúcha e RBS TV terão conteúdos dedicados ao jornalismo de soluções, com temas específicos do cotidiano da população e foco na resolução das dificuldades. A ideia é, mais do que apresentar o assunto, investir na saída para os problemas, visando ao desenvolvimento da sociedade.
– Queremos não só mostrar os problemas que a cidade tem, mas indicar como superá-los, contribuindo de forma construtiva para o debate. Vamos apresentar as propostas dos candidatos e avaliar a exequibilidade delas. A ideia é de fato discutir a solução, não ficar só nas promessas – afirma Marta.
A partir de 6 de outubro, a RBS TV dará início a ampla cobertura diária do tema, ainda mais extensa do que em anos anteriores. Respeitando todos os protocolos sanitários, as equipes abordarão assuntos de interesse do público, esmiuçando propostas de campanha e acompanhando as atividades diárias dos candidatos.
Também na RBS TV, está confirmado o tradicional debate do segundo turno, em 27 de novembro, último dia permitido antes da votação, nas sedes da RBS onde houver essa etapa. Quanto ao primeiro turno, por orientação da Globo para todas as emissoras da rede, em razão das restrições da pandemia, a RBS TV só fará debates se houver acordo entre as siglas para a participação dos quatro candidatos à frente na pesquisa eleitoral mais recente (Ibope ou DataFolha) e se houver segurança em relação aos protocolos de prevenção à covid-19 para proteção às equipes da RBS e dos candidatos. Caso isso seja possível, os encontros serão realizados em 12 de novembro.
A partir do dia 26 de outubro, o programa Gaúcha Atualidade, da Gaúcha, fará entrevistas de 20 minutos com os candidatos a prefeito de Porto Alegre. As conversas terão a condução dos jornalistas Daniel Scola e Rosane de Oliveira. Nas mesmas datas e horários, as rádios Gaúcha Serra, Gaúcha Zona Sul e Gaúcha Santa Maria também farão entrevistas com os candidatos locais.
Todos os detalhes das eleições no Estado serão pauta de Zero Hora durante os próximos dois meses, por meio de notícias, reportagens, artigos e colunas. Da mesma forma, o Diário Gaúcho vai reunir as principais propostas dos candidatos a prefeitos da Região Metropolitana, trabalhando com os temas que mais interessam os leitores: saúde, habitação, assistência social, educação e transporte público. Em ambos os jornais, os leitores também poderão conferir a repercussão dos demais conteúdos produzidos pela Redação Integrada.
Desde o dia 21 de setembro, a cobertura de Gaúcha Serra e Pioneiro está realizando a série de reportagens “A cidade é para todos”, que aborda oito problemas e suas saídas, envolvendo assuntos trazidos pelo público. A partir dos principais temas de campanha, também serão apresentados os candidatos em oito municípios: Bento Gonçalves, Farroupilha, Flores da Cunha, São Marcos, Vacaria, Garibaldi, Carlos Barbosa e Gramado.
Serão publicadas entrevistas em profundidade no Pioneiro, com seção sobre temas polêmicos e respostas curtas. No digital, será veiculada uma série especial, conduzida pelo colunista João Pulita, em que os candidatos responderão ao Questionário Proust. As respostas também serão publicadas no jornal impresso, acompanhadas de pequenos perfis dos concorrentes. Além disso, o Pioneiro digital fará o monitoramento de fake news e a checagem de informações, com especial atenção à disseminação de boatos.
Em uma cobertura dinâmica e completa, além das tradicionais notícias e reportagens, GZH preparou diversos especiais para tratar de todos os assuntos da eleição. Confira abaixo:
Artigos em GZH – Cada candidato a prefeito da Capital escreverá um artigo sobre o tema: “como será a Capital daqui a cinco anos, se eu for eleito(a) prefeito(a)”. Todos os textos serão publicados no mesmo dia, 15 de outubro.
É isso mesmo? – Criado em 2014, o selo de checagem É isso mesmo? volta na eleição com o reforço do Grupo de Investigação da RBS (GDI). Os jornalistas Carlos Rollsing, Eduardo Matos, Guilherme Justino, Jocimar Farina, Juliana Bublitz, Marcelo Gonzatto e Maria Maurente, com o apoio do editor Leandro Brixius, irão conferir a veracidade de declarações dos postulantes à prefeitura de Porto Alegre nos debates da Rádio Gaúcha e da RBS TV. O conteúdo também será publicado em ZH.
Descomplica política – Vídeos com apresentação do comunicador Luciano Potter abordarão temas relacionados ao processo eleitoral de forma simplificada e leve. Serão seis episódios no primeiro turno.
Timeline entrevista – A jornalista Kelly Matos entrevistará candidatos à prefeitura de Porto Alegre em momentos de informalidade, com perguntas pessoais e descontraídas no primeiro turno.
Admirador secreto – Os candidatos serão convidados a escolher um papel, que terá o nome de um adversário. Em vez de dar presente, eles gravarão vídeos com comentários positivos sobre o concorrente. Os episódios serão veiculados ao longo do primeiro turno, nas redes sociais de GZH.
Boletim GZH – Os assinantes de GZH receberão boletins exclusivos por e-mail com os principais fatos das eleições na semana. Para se inscrever, basta acessar www.gauchazh.com.br/boletimeleicoes e informar o endereço eletrônico.
Papo-emoji – Em novo formato de entrevista, os candidatos à prefeitura de Porto Alegre serão questionados por WhatsApp e só poderão responder com emojis. A entrevista será transformada em vídeo que reproduzirá a tela do celular, que será alternada com imagens da reação dos candidatos às perguntas. Serão dois episódios no segundo turno, veiculados nas redes sociais de GZH. Na Serra, o jornal Pioneiro fará o mesmo.
Live da apuração – Durante a apuração dos votos do primeiro turno, a programação da Rádio Gaúcha será transmitida ao vivo, em vídeo, por GZH.