Painel Atualidade estreia nesta quarta-feira (15) com análises do cenário econômico do Estado | Grupo RBS
Banner Interno

Relações com Imprensa

Painel Atualidade estreia nesta quarta-feira (15) com análises do cenário econômico do Estado

Semanalmente, das 9h às 10h, novo quadro entrevistará representantes da indústria, do comércio, de serviços e do agronegócio para debater a crise provocada pelo coronavírus

Painel Atualidade será mediado pelo apresentador Daniel Scola. Crédito: Tadeu Vilani.

Painel Atualidade será mediado pelo apresentador Daniel Scola. Crédito: Tadeu Vilani.

Com o objetivo de provocar o debate e estimular a busca por alternativas que ajudem a minimizar o impacto negativo na economia do Rio Grande do Sul diante da crise causada pelo coronavírus, a Gaúcha vai dedicar mais um espaço da programação para, semanalmente, ouvir representantes de setores econômicos do Estado. Essa é a proposta do Painel Atualidade, que estreia nesta quarta-feira (15), e irá ao ar semanalmente, das 9h às 10h, com entrevistas que englobam indústria, comércio, serviços e agronegócio.

O primeiro episódio vai debater os impactos da crise na indústria. Para falar sobre o tema, o Painel contará com a participação do CEO da Usaflex, Sergio Bocayuva, e do diretor-geral da CMPC no Brasil, Mauricio Harger. O bate-papo será transmitido também por meio de uma live em GaúchaZH, e a ideia é que os entrevistados analisem o cenário econômico a partir de uma rodada de perguntas.

– A Gaúcha vem buscando o equilíbrio entre todos os temas que a crise envolve, da saúde à economia. E, neste momento em que a situação se agrava no Estado, é importante abrir ainda mais espaço para debater as soluções para os diferentes setores do Rio Grande do Sul. O Atualidade, com a audiência importante que tem, propõe essa discussão a partir do olhar de entrevistados reconhecidos em suas atividades – destaca a editora-chefe da Gaúcha, Andressa Xavier.

A novidade seguirá o modelo do Jornalismo de Soluções, aposta da RBS em uma prática com foco na resolução e no desenvolvimento do Estado. Mais do que apontar e diagnosticar problemas, a iniciativa busca abrir amplos espaços para o debate de soluções por meio da visibilidade de diferentes visões e exemplos e da análise de dados.