Projeto de design thinking do Grupo RBS cria soluções de comunicação para seis marcas ao longo de 2019 | Grupo RBS
Banner Interno

Relações com Imprensa

Projeto de design thinking do Grupo RBS cria soluções de comunicação para seis marcas ao longo de 2019

13ª edição do “Tá, e Daí?” recebeu a empresa Divine Chocolates nessa terça-feira (10)

Tá, e Daí? com Divine. Crédito: Pietro Pasqualotti.

Tá, e Daí? com Divine. Crédito: Pietro Pasqualotti.

No intuito de contribuir com todo o seu conhecimento sobre o consumidor gaúcho para o resultado do negócio de seus clientes, o Grupo RBS realizou a última edição de 2019 do “Tá, e Daí?” nessa terça-feira (10). Desta vez, a empresa recebeu a Divine Chocolates. O encontro marcou a 13ª edição do projeto desde a sua criação, um serviço exclusivo que, a partir da metodologia de design thinking, busca entender com profundidade os desafios de negócio do cliente e criar soluções em conjunto com ele.

– Nós achamos o projeto eficaz, no sentido de uma análise geral, como um todo, focado no objetivo da empresa. Hoje em dia é muito difícil alguém se dispor a fazer esse tipo de análise para alguma marca. Eu achei muito bacana a iniciativa da RBS. Foi uma experiência ótima – diz a sócia-proprietária da Divine Chocolates, Fabiana Turatti.

Apenas em 2019, o “Tá e Daí?” trabalhou em parceria com seis marcas – Andreazza, Snowland, Doctor Clin, Suvinil, Excelsior e Divine – compreendendo profundamente seus desafios e oportunidades de negócio e co-criando soluções que possam aprimorar seus resultados. Para atingir esse objetivo, mais de 30 profissionais de diversas áreas do Grupo RBS se envolvem no projeto.

O Tá e Daí? começa com diversas pesquisas de segmento e comportamento de consumo, cujos dados obtidos possibilitam um olhar mais amplo e integrado sobre o negócio e o consumidor, e segue com um dia de esforço concentrado no qual a RBS, o cliente, sua agência e eventuais parceiros convidados desenvolvem hipóteses e alternativas para solucionar o desafio de negócio permitindo ao fim do processo a construção de uma estratégia diferenciada de comunicação. O produto final do encontro consiste no desdobramento das ideias em um plano de ação desenhado para o alcance dos objetivos definidos.

– O Tá, e Daí? nos surpreendeu, porque realmente foi uma iniciativa inovadora por parte de um meio de comunicação, o que até então não havia sido proposto. O encontro que tivemos foi produtivo. De maneira aberta e com a confiabilidade que o meio merece, trabalhamos de forma muito clara os nossos objetivos e aquilo que estamos prevendo e almejando para o futuro – afirmou o diretor-executivo de Negócios da Excelsior Alimentos, Renato Jackisch.

Diversas outras marcas locais e nacionais estão programadas para os primeiros meses de 2020, consolidando o Tá, e Daí? como uma ferramenta fundamental no cumprimento do propósito da RBS de ser parceira efetiva no atingimento dos objetivos de negócio dos clientes.

– Todos os projetos que construímos com nossos clientes nesses últimos meses nos entusiasmam e nos dão a certeza de que podemos contribuir muito na formulação da estratégia de comunicação deles. Ninguém conhece mais o seu negócio e o seu mercado do que os empresários e profissionais que estão ali enfrentando o ambiente competitivo e o dia a dia de cada um deles. Porém, poucas empresas conhecem tão bem o consumidor gaúcho e como se comunicar com ele como a RBS. Quando unimos essas competências para a construção de uma solução, o resultado é sempre mais forte. Queremos cada vez mais trabalhar em conjunto com nossos parceiros, e que bom que esse conceito vem sendo extremamente bem aceito por eles e, principalmente, gerando valor para seus negócios – destaca o diretor-executivo de Marketing, Marcelo Leite.