Prêmio RBS de Educação chega à sua 7ª edição reconhecendo iniciativas de educadores das redes pública e privada | Grupo RBS
Banner Interno

Relações com Imprensa

Prêmio RBS de Educação chega à sua 7ª edição reconhecendo iniciativas de educadores das redes pública e privada

Projetos que incentivam a leitura nas escolas podem ser inscritos na premiação realizada pelo Grupo RBS e pela Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho

Anúncio Prêmio RBS de Educação. Crédito: Divulgação.

Anúncio Prêmio RBS de Educação. Crédito: Divulgação.

A partir desta quinta-feira (1º), estão abertas as inscrições para a 7ª edição do Prêmio RBS de Educação – Para Entender o Mundo. Realizada pelo Grupo RBS e pela Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho, a iniciativa valoriza educadores que trabalham práticas de mediação e incentivo à leitura em escolas públicas e privadas em diferentes áreas do conhecimento, como literatura, matemática, artes e ciência.

Podem participar professores da Educação Básica (Educação Infantil, Ensino Fundamental I e II e Ensino Médio) do ensino regular, de EJA (Educação de Jovens e Adultos) ou do Sistema S, que estejam lecionando em 2019 no Rio Grande do Sul. Cada educador deve indicar se participará da categoria Pública ou Privada. Além de uma ficha técnica, os inscritos devem enviar um vídeo apresentando sua iniciativa por meio do site www.premiorbsdeeducacao.com.br – onde também é possível conferir o regulamento completo.

Além da premiação para educadores, decidida por um júri técnico, a iniciativa conta com votação popular e menções honrosas para destacar trabalhos que, por meio da leitura, debatam temas como meio ambiente, cidadania, gênero, raça e inclusão (acessibilidade). Os vencedores em 1º lugar de cada categoria receberão um prêmio de R$ 5 mil cada e a doação de 200 títulos para as bibliotecas das respectivas escolas, uma ação em parceria com a LPM.

Os projetos reconhecidos em 2º e 3º lugar, além dos escolhidos em votação popular, também ganharão quantias em dinheiro. Cada um dos 20 finalistas será contemplado com um Kindle. Todos os finalistas terão seus projetos divulgados durante a 65ª Feira do Livro de Porto Alegre.

A grande novidade das últimas edições é a prototipação de projetos: com o objetivo de multiplicar as boas práticas premiadas, foram criados os chamados Cadernos de Replicação, uma espécie de guia com o passo a passo de cada atividade dos 20 projetos finalistas e vencedores da edição de 2018 do Prêmio RBS de Educação. Os conteúdos podem ser conferidos no site do projeto desde terça-feira (23). A iniciativa será replicada em 2020 com o seis projetos vencedores (1º, 2º e 3º lugar de cada categoria) da edição deste ano.

Ainda nesta quinta-feira (1º), uma campanha de comunicação começa a ser veiculada nos jornais, nas rádios e nas redes sociais do Grupo RBS, em GaúchaZH e na RBS TV para apresentar a iniciativa. Com o conceito “As mudanças que o mundo precisa podem estar a uma leitura de distância”, os anúncios e o filme publicitário foram protagonizados por três dos vencedores da 6ª edição do Prêmio RBS de Educação e por três alunos que participaram dos projetos escolhidos. Todo o material foi captado nos colégios em que eles atuam – em Campo Bom, Novo Hamburgo e Veranópolis – e demonstra a importância do papel do educador em apresentar novas oportunidades e novas formas de pensar aos estudantes a partir da leitura.