Grupo RBS e FMSS lançam campanha com o balanço de ações sociais de 2018 | Grupo RBS
Banner Interno

Relações com Imprensa

Grupo RBS e FMSS lançam campanha com o balanço de ações sociais de 2018

Iniciativas foram além do jornalismo e do entretenimento e se tornaram relevantes nas comunidades em que atuam

Campanha Ações Sociais. Crédito: Divulgação

Campanha Ações Sociais. Crédito: Divulgação

Entender as questões que emergem da sociedade e atuar como um agente de mudança. Esse é o motivo pelo qual o Grupo RBS se mobiliza e busca caminhar junto às transformações sociais, cumprindo o propósito de estar próximo dos gaúchos e contribuir para uma vida melhor. É partindo desse princípio que a RBS e a Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho (FMSS) lançam, nesta quarta-feira (30), uma campanha publicitária e ações editoriais com o balanço das 13 iniciativas realizadas no ano de 2018, voltadas a causas sociais, que utilizaram o que há de mais natural no cotidiano das pessoas: a comunicação.

Alguns dos projetos foram realizados a partir de atividades relacionadas ao jornalismo e ao entretenimento, com o objetivo de fomentar o crescimento das importantes causas que compõem a sociedade. O Natal do Bem, o aplicativo Pelas Ruas, o programa Compartilhe RS, as Doações de Agasalho, o Desafio Farroupilha Inclusivo e o 3º Prêmio Donna Mulheres que Inspiram foram planejados em parceria com os veículos da RBS. As ações de Doação de Mídia, o Prêmio RBS de Educação, o Funcriança, os Editais, o Fronteiras da Educação, o Mapa de Boas Práticas e o projeto Caras da Educação reforçam o compromisso que a RBS possui de estar presente e participar ativamente no desenvolvimento social do Rio Grande do Sul e o importante papel da FMSS para gerar impacto positivo no público e nas comunidades inseridas nesse contexto.

– O propósito da RBS é, por meio da comunicação, do jornalismo e do entretenimento, tornar a vida dos gaúchos melhor. Nós fazemos isso todos os dias, com todos os nossos produtos, na atividade principal deles. Por meio da Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho, podemos ampliar essa atuação. A fundação é um ponto de contato específico para conversar com entidades que precisam de apoio e que precisam comunicar seus propósitos. Fazer a ponte dessas entidades que têm uma atividade muito importante para a sociedade com as pessoas que querem ajudar é um papel muito relevante e sentimos muito orgulho por poder fazer isso – destaca Claudio Toigo Filho, CEO do Grupo RBS.

Os projetos serão valorizados por meio de uma campanha publicitária, que será veiculada nos jornais, na TV e nas redes sociais, destacando os resultados das ações e a comunicação como forte meio de mudança.

Entenda mais sobre as ações

Doação de Mídia – são espaços gratuitamente cedidos nos veículos da RBS, para fins de divulgação de projetos e causas de interesse social. Apenas em 2018, 152 entidades foram beneficiadas com 34.904 mil inserções de chamadas em TV, rádio e jornal, um total de R$ 33 milhões.

Prêmio RBS de Educação – premiação que reconhece e valoriza educadores que incentivam a leitura em escolas públicas e privadas de todo o Rio Grande do Sul. Foram 355 projetos enviados por 133 diferentes cidades de todo o Estado e 20 finalistas do projeto.

Funcriança – todo o ano, colaboradores da RBS participam do projeto, uma campanha de arrecadação de doações para os Fundos Municipais da Criança e do Adolescentes do Estado. Foram R$ 154,7 mil doados em benefício a 12 ONGs.

Editais – são ações que destinam recursos das leis de incentivo fiscal para projetos de apoio a crianças e adolescentes, além de temas do Esporte, Cultura. 833 crianças e jovens de sete ONGs foram beneficiados com a quantia de R$ 297 mil.

Natal do Bem – desde 2015, a RBS TV e a FMSS fazem uma campanha de arrecadação de alimentos para o Banco de Alimentos do Rio Grande do Sul. O número de alimentos arrecadados em 2018 foi o dobro de 2017: 422 toneladas.

Pelas Ruas – é uma plataforma colaborativa que possibilita o compartilhamento e discussão de problemas urbanos por usuários em Porto Alegre e na Região Metropolitana. Em 2018, 21.811 usuários realizaram cerca de 8.427 postagens com queixas. Dessas, 1.131 tiveram relatos de solução.

Compartilhe RS – programa da RBS TV que tem o objetivo de dar visibilidade a projetos que transformam a sociedade. O principal foco são ONGs, Associações, coletivos e iniciativas da sociedade civil. No ano passado, os 83 programas veiculados divulgaram cerca de 166 projetos.

Doações de agasalho – a Atlântida, a Paquetá e a Paquetá Esportes se uniram em prol da campanha do agasalho de 2018, fazendo uma versão do vídeo viral ‘Quanto custa o outfit?’. Foram 27 dias que arrecadaram 953 peças de vestuário. Desses, 135 calçados usados e outros 200 calçados novos da Paquetá. As doações foram destinadas às instituições carentes que são assistidas pela Defesa Civil.

Desafio Farroupilha Inclusivo – o projeto tem o objetivo de valorizar a dança e a tradição gaúcha. Em sua 5ª edição, abordou a temática da inclusão, trazendo a história da gaiteira cega Natália Gusatuci. A iniciativa desafiou o CTG DGT Tropeiros Negros a aprender a dançar sem contar com o sentido da visão. A experiência é o ponto de partida para a inclusão social no tradicionalismo envolvendo portadores de deficiência. Foram cinco episódios do Jornal do Almoço, além de envios de vídeos de outros CTGS mostrando suas ações de inclusão e um Bailão na Inclusão no CTG Pousada da Figueira.

Fronteiras Educação – é o módulo educacional gratuito do projeto Fronteiras do Pensamento, em Porto Alegre e São Paulo, idealizado para servir como um espaço de diálogo entre alunos e professores sobre temas contemporâneos. Em 2018 foram 36 escolas participantes, das quais 1.895 alunos receberam 4.700 materiais didáticos.

Mapa de Boas Práticas – é a curadoria e divulgação das melhores ações educacionais formais e não formais de todo o Rio Grande do Sul. Tem o propósito de multiplicar as práticas, compartilhar o conhecimento e construir rede. Foram 22 projetos entrevistados e divulgados pela FMSS e pela RBS TV.

Caras da Educação – projeto que conta a história dos jovens inseridos na educação pública de Porto Alegre e dá espaço de fala para seus anseios e vontades para o futuro, principalmente no que diz respeito às questões sociais. Foram visitadas quatro escolas, com 24 jovens participantes.

3º Prêmio Donna Mulheres que Inspiram – prêmio concedido a mulheres gaúchas empresárias, ativistas, acadêmicas e profissionais de diferentes áreas que possuem histórias inspiradoras. São destacados 10 nomes e premiadas três mulheres anualmente. Em 2018, as premiadas foram Doris Spohr, Giane Vargas Escobar e Madgéli Frantz Machado.