AHEAD!: marcas se transformam e estreitam relação com as pessoas | Grupo RBS
Banner Interno

Relações com Imprensa

AHEAD!: marcas se transformam e estreitam relação com as pessoas

Última edição do evento no ano reuniu heads de Marketing da Avon e da Skol

AHEAD!. Crédito: Isadora Neumann

AHEAD!. Crédito: Isadora Neumann

Garantir relevância, desenvolver relacionamentos e engajar consumidores são desafios cada vez mais complexos na construção do valor de marcas. Para falar sobre experiências e tendências desse universo, heads de Marketing de grandes companhias foram convidadas para a quarta edição do AHEAD!, programa de debates promovido pelo Grupo RBS desde novembro de 2017. O encontrou reuniu clientes, profissionais e líderes do mercado de comunicação nessa quarta-feira (27), em Porto Alegre.

Responsável pela estratégia das campanhas globais da Avon, Danielle Bibas trouxe o case de uma campanha que debateu noções atuais sobre beleza feminina. Segundo ela, as gerações de hoje esperam que as marcas se posicionem e falem de problemas abrangentes.

— O consumidor se relaciona com marcas quase como se fosse com uma outra pessoa: ele vê como ela se comporta, o que diz, se as ações estão de acordo com o que ela fala. E eles vão se conhecendo — comparou.

Maria Fernanda Albuquerque, diretora de Marketing da Skol, contou o processo de transformação da marca — que buscou quebrar o padrão de objetificação de mulheres, comum em campanhas do segmento de cervejas. Para isso, foi necessário promover uma mudança mais profunda, dentro da própria empresa.

— Estamos vivendo a era da transparência. As pessoas exigem verdade. A construção da marca parte do DNA, do que faz sentido, de qual é a essência da marca — frisou, destacando que a companhia fez diversas avaliações internas para aprimorar o processo.

Aprendizado com o erro — Em um cenário de mudanças rápidas e constantes, Maria Fernanda ressaltou a importância de as marcas estarem abertas a inovar e até mesmo errar.

— As pessoas estão mais abertas. Se o consumidor sente que é genuíno, ele vai entender um eventual erro ali na frente. Quando fica clara a essência e o que a marca se propõe, acaba sendo mais fácil de lidar com comentários negativos — apontou.

Para Danielle, as grandes marcas precisam da humildade para aprender coisas novas e saber lidar com a rejeição.

— Não interessa o título que você tenha: o que funcionou no passado não funcionará necessariamente no futuro. Mesmo que tenha acertado ontem, pode ser que isso não aconteça amanhã.

O debate foi moderado pelo diretor-executivo de Marketing do Grupo RBS, Marcelo Leite. Ele salientou que o evento se tornou o que a empresa almejava: um espaço de diálogo para a construção em conjunto.

— Como tem muita coisa nova acontecendo, nada melhor do que sentar em uma roda com gente inteligente e disposta para conversar — concluiu, acrescentando que o AHEAD! continuará em 2019, com previsão de três encontros.