Marcelo Rech é reeleito presidente da Associação Nacional de Jornais | Grupo RBS
Banner Interno

Relações com Imprensa

Marcelo Rech é reeleito presidente da Associação Nacional de Jornais

Vice-presidente Editorial do Grupo RBS assumiu a diretoria da entidade pela primeira vez em 2016

Marcelo Rech. Crédito: Andiara Petterle.

Marcelo Rech. Crédito: Andiara Petterle.

O vice-presidente Editorial do Grupo RBS, Marcelo Rech, foi reeleito presidente da Associação Nacional de Jornais (ANJ) nesta quinta-feira (30), durante evento realizado no teatro do Hotel Renaissance, em São Paulo. Na ocasião, representantes de jornais e do mercado publicitário se reuniram para debater o futuro da mídia impressa e o papel do jornalismo no combate à desinformação. Um dos painéis, focado nas estratégias de alguns dos principais jornais do Brasil para a cobertura eleitoral, contou com a presença da diretora de Jornalismo de Jornais e Rádio do Grupo RBS, Marta Gleich.

– Diante do cenário desafiador na economia e na política, os jornais produzem, em última análise, confiança na informação, que é um produto cada vez mais escasso. Na ANJ, buscamos reforçar esse posicionamento de defesa da informação confiável, vital para garantir a perenização dos valores da sociedade – destaca Marcelo Rech.

Rech assumiu a diretoria da entidade pela primeira vez em 2016, quando passou a ser o quarto executivo da RBS a presidir a ANJ. Antes dele, estiveram à frente da associação o fundador da RBS, Maurício Sirotsky Sobrinho, de 1984 a 1986, o presidente emérito Jayme Sirotsky, em duas ocasiões – em 1988, quando assumiu interinamente após a renúncia de José Antonio do Nascimento Brito, afastado do Jornal do Brasil, e de 1992 a 1996 –, e Nelson Sirotsky, de 2004 a 2008.

Diretor de Tecnologia assume SET – Ainda nesta quinta-feira (30), o diretor de Tecnologia de TV e Rádios do Grupo RBS, Carlos Fini, foi anunciado como presidente da Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão (SET) para o biênio 2019-2020. Fundada em 1988, a SET é uma associação técnico-científica sem fins lucrativos voltada a estudar e dissemina tecnologia no mercado de mídia e entretenimento. Fini é participante ativo da entidade desde o ano de sua fundação e, desde 2012, atuava como diretor de Tecnologia da SET.