Jornalista premiada do Diário Catarinense palestra na Semana Estado de Jornalismo | Grupo RBS
Banner Interno

Relações com Imprensa

Jornalista premiada do Diário Catarinense palestra na Semana Estado de Jornalismo

Ângela Bastos apresenta a universitários reportagem multimídia vencedora do Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog

Foto: Repórter Ângela Bastos e filho de Iracema e Dirceu. Crédito: Charles Guerra | Agência RBS.

Foto: Repórter Ângela Bastos e filho de Iracema e Dirceu. Crédito: Charles Guerra | Agência RBS.

A jornalista do Diário Catarinense Ângela Bastos realiza, nesta quinta-feira (22), uma palestra no Estadão, em São Paulo, sobre a reportagem As Quatro Estações de Iracema e Dirceu, vencedora da edição de 2015 do Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos na categoria Internet. A apresentação integra as atividades da Semana Estado de Jornalismo e será direcionada a cerca de 200 universitários de todo o país. No bloco destinado à discussão de grandes reportagens multimídia, Ângela contará os desafios da apuração e edição de um material tão extenso e com variados recursos midiáticos.

– Desde sua publicação, tenho apresentado o conteúdo em universidades para mostrar aos futuros jornalistas que há espaço para coberturas de fôlego na internet, que tratem com profundidade questões sociais relevantes e envolvam grande tempo de produção. O convite do Estadão é uma oportunidade de estender esta mensagem a estudantes de diversas regiões brasileiras e tenho muito orgulho em falar com eles sobre uma reportagem multimídia vencedora do Prêmio Vladimir Herzog, justo no ano em que se completam 40 anos da morte do jornalista e se homenageiam profissionais como Mino Carta, Mauro Santayana, Daniel Herz (in memoriam) e Eduardo Galeano (in memoriam) – explica Ângela Bastos.

Foto: Repórter Ângela Bastos, Iracema e filho. Crédito: Charles Guerra | Agência RBS.

Foto: Repórter Ângela Bastos, Iracema e filho. Crédito: Charles Guerra | Agência RBS.

As Quatro Estações de Iracema e Dirceu é uma história inspiradora sobre um casal de agricultores que vive com os 14 filhos em Timbó Grande, no Planalto Norte de Santa Catarina. Ao longo de dois anos e sete meses, a reportagem acompanhou a luta da família, que precisava se sustentar com uma renda mensal de R$ 54 por pessoa, valor que os colocava na condição de extrema pobreza.

Ângela Bastos na Alemanha - Divulgação

Foto: Repórter Ângela Bastos na Alemanha. Divulgação.

Foram percorridos 33 mil quilômetros para a produção do material, num roteiro que incluiu 12 cidades, desde o interior de Santa Catarina até a Alemanha, de onde veio o primeiro Canofre no século 19 em busca de melhores condições de vida. Além da repórter Ângela Bastos, a produção digital contou com fotografia de Charles Guerra, edição de Julia Pitthan, design e desenvolvimento de Fábio Nienow, edição de vídeos de Lucas Amarildo e direção de vídeos de Léo Cardoso.

Reconhecimento – Ângela Bastos recebe na noite desta terça-feira (20) o Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog pela reportagem que será apresentada na Semana Estado de Jornalismo. O resultado, anunciado em 30 de setembro, será oficializado em uma cerimônia no Teatro da Universidade Católica de São Paulo às 20h. Na manhã do mesmo dia, das 9h às 13h, os profissionais premiados nas oito categorias se reunirão no Tucarena para uma roda de conversa, que será transmitida ao vivo pela TVPUC-SP.