COMUNICADO: Censura ao Grupo RBS | Grupo RBS
Banner Interno

Relações com Imprensa

COMUNICADO: Censura ao Grupo RBS

O Grupo RBS considera censura a decisão por parte do Tribunal de Justiça do RS de proibir a divulgação do nome e da imagem de um vereador do Interior do Estado vinculado a reportagens de uma série conhecida como “Farra das Diárias”. A decisão unânime da 9ª Câmara Cível, da qual foi relator o desembargador Leonel Pires Ohlweiler, atinge todas as mídias e prevê multa diária de R$ 1 mil em caso de descumprimento. O Grupo RBS foi intimado na quinta-feira e vai recorrer da decisão, que foi proferida em caráter liminar e ainda não teve o mérito julgado.

Em agosto do ano passado, o Grupo RBS e o programa Fantástico, exibido pela Rede Globo, apresentaram a série de reportagens de Giovani Grizotti. O material revelou como vereadores utilizavam diárias para viagens turísticas, a pretexto de fazer cursos de aperfeiçoamento. Treze pessoas foram denunciadas pelo Ministério Público. Um dos citados na reportagem entrou com ação judicial na primeira instância, em fevereiro, pedindo indenização por danos morais e que seu nome e sua imagem não fossem mais divulgados por veículos do Grupo RBS quando relacionados ao episódio. Como não teve sua solicitação atendida em primeiro grau, recorreu ao Tribunal de Justiça, que concedeu a liminar.

Tags: , , , ,